segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

SEMINÁRIO FINAL DO PROJETO MULHERES DO CAMPO


Foi realizado nos dias 20 e 21/02/12 o Seminário Final do projeto Mulheres do Campo (MdC) no hotel Beira Rio, no bairro do Guamá em Belém-PA. Cerca de 70 representantes das comunidades atendidas pelo projeto vindas do Baixo Tocantins, sob coordenação da Associação Paraense de Apoio às Comunidades Carentes(APACC)  e do  nordeste paraense, onde o projeto foi executado pelo Movimento de Mulheres do Nordeste Paraense (MMNEPA) apresentaram da forma que melhor acharam o que de melhor puderam colher e quanto ainda conseguirão plantar a partir do que vivenciaram no MdC.

“Essas mulheres não plantam somente na terra, mas nos corações e mentes, pois são mulheres do cuidado, não só com a terra, mas com a humanidade. A experiência desse projeto faz parte de um universo de experiências voltadas para as mulheres do campo e da cidade que sempre produzem bons resultados”, comentou Nilde Souza, do Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense.

Além do GEPEM, também prestigiaram o seminário representantes das seguintes organizações/ entidades: UCODEP, EMATER, FAOR, Unipop, Canal Futura, SÓDIREITOS, DFA/ MDA, IEB, GIZ e GEPEM, além de sindicatos rurais, organizações da sociedade civil representantes de órgãos e conselhos municipais das cidades atendidas, como sinal de reconhecimento dos passos percorridos.

PARCERIA
“Foi a primeira vez que o MMNEPA fez trabalho em parceria com a APACC. Foi um aprendizado que não foi muito fácil. Pela nossa inexperiência tivemos algumas dificuldades na elaboração do projeto, mas queremos aqui partilhar muito mais que os resultados dessa experiência, mas o caminho que percebemos aberto a partir do que foi possível fazer, com muito suor e empenho”, argumentou Rita Teixeira, coordenadora do MdC pelo MMNEPA, na mesa de abertura do seminário.



Da mesma forma, Franquismar Maciel de Souza, coordenador da APACC de Cametá, comentou sobre o que cada entidade que co-realizou o projeto ganharam como experiência. “Cada uma organização ofertou o melhor que tinha. Nós da APACC mais na área da agroecologia e o MMNEPA com mais acúmulo no debate sobre questões de gênero. Dessa forma, acredito que foi uma experiência mais do que válida”, avaliou.




PRESTANDO CONTAS
Agroecologia, segurança alimentar, saúde e maior participação política da mulher foram os quatro eixos que nortearam o MdC, que foi realizado desde 2010 em 19 municípios nas mesorregiões do Baixo Tocantins e Nordeste Paraense. Mas a tônica do seminário não foi apresentação de dados, nem tão pouco de relatórios. Por isso, logo após a mesa de abertura mulheres e homens do campo dividiram-se nos quatro eixos do projeto para discutirem e depois expor como quisessem as percepções que tiveram do MdC naquele referido eixo.

E se viu muita criatividade e entusiasmo em mensagens que basicamente falavam de gratidão, mas também de compromisso com a continuidade. “Espero que tudo isso agora possa continuar e avançar daqui pra frente”, resumiu a jovem Ellen de Souza, de Salinópolis.

Depois foi realizada noite cultural, durante jantar com convidaddas/os, onde foi possível dançar carimbo e músicas de raiz paraenses. Em seguida foi realizada pequena feira no Hall de entrada do hotel, onde foram expostos alguns produtos das comuidades.

No último dia foi apresentado o catálogo virtual de produtos de alguns empreendimentos solidários selecionados e foi anunciado que 2 mil exemplares de livreto contendo 10 experiências selecionadas (cinco de cada uma) das regiões do projeto serão distribuídos para as comunidades e organizações parceiras no mês de março.

Finalmente, a partir do que foi exposto pelas/os participantes, foram coletadas intenções das/os camponesas/es que serão sintetizadas em uma carta de intenções que será socializada com toda a sociedade e repassada a órgãos públicos relacionados.

Foto: Celso Rodrigues
 
Foto: Celso Rodrigues
Foto: Celso Rodrigues
 
 
 
 
 
Fotos: Celso Rodrigues
 
 
 
 
 
Foto: Celso Rodrigues
Foto: Celso Rodrigues
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Foto: Celso Rodrigues
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Foto: Celso Rodrigues
Foto: Celso Rodrigues
 
 
 
 
Foto: Celso Rodrigues
Foto: Celso Rodrigues
Foto: Celso Rodrigues
 
 
 
 
Foto: Celso Rodrigues
Foto: Celso Rodrigues
Foto: Celso Rodrigues
Foto: Celso Rodrigues
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário